A espera de quase 28 anos chegou ao fim para 98 residentes do Assentamento Espírito Santo. O prefeito de Ceará-Mirim, Júlio César Câmara, e representantes do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) entregaram, na manhã desta quinta-feira (22), 98 títulos de terra registrados. O evento teve a participação do Secretário Municipal de Agricultura, Randinho, do superintendente Regional do Incra, Marcelo Gurgel, da chefe de Divisão de Desenvolvimento do Instituto, Leiliane Gurgel, e do presidente da Associação do Assentamento Espírito Santo, Rafael Valério da Silva, e Alberto Sobral, porta-voz dos assentamentos do Incra em Ceará-Mirim, além de secretários e vereadores.

O prefeito Júlio César destacou o trabalho desenvolvido entre Prefeitura e Incra para possibilitar a entrega dos títulos. “Esse é um dia de bastante alegria não só para os assentados, mas para todos. Trabalhamos muito duro para conseguir entregar os títulos, um sonho muito antigo dos moradores daqui. Os documentos que vocês estão recebendo significa que ninguém pode tomar a terra de vocês, ou seja, a posse da terra passa a ser completa e de forma completamente gratuita”, disse o prefeito.

O gestor lembrou ainda da reforma da escola pública do Assentamento, que deveria ter sido concluída em 2015. “Quando assumimos encontramos muitas obras paradas, dentre elas a escola daqui. Fomos a Brasília, destravamos os recursos que estavam perdidos e garantimos o direito do filho de vocês estudarem e terem um futuro melhor”, completou