Uma política de austeridade fiscal, equilíbrio nas contas públicas e capacidade financeira são umas das marcas da gestão de Ceará-Mirim. A prova disso veio através da Caixa Econômica Federal, que colocou a cidade entre as 18 do Rio Grande do Norte que estão habilitadas a contratar financiamento por meio da FINISA Caixa, financiamento voltado a entes público nas áreas de infraestrutura e saneamento básico. O valor disponibilizado é de R$ 30 milhões

Apenas estão aptos a receber o financiamento as cidades que passaram por uma análise financeira detalhada. Além disso, a cidade que pleiteia a investimento tem de cumprir as metas fiscais (Lei de Responsabilidade Fiscal – LRF), ter poder de investimento e capacidade de endividamento.

“Encontrei um Município falido sem ter crédito em canto nenhum devendo a todo mundo. Hoje temos uma cidade equilibrada, que paga seus servidores antecipados, seus fornecedores em ordem cronológica e em dia, e que retomou o poder de investimento sendo um dos 18 do Estado do Rio Grande do Norte aptos ao FINISA”, declarou o prefeito Júlio César Câmara, lembrando ainda das várias obras e investimentos que foram entregues e estão acontecendo no município.