Ceará-Mirim – MPRN recomenda retorno às aulas presenciais da rede municipal de ensino

Em cumprimento à determinação do Ministério Público do Rio Grande do Norte, o município de Ceará-Mirim deve retomar as aulas presenciais da rede municipal de ensino em agosto.

Na última terça-feira (13), a secretária municipal de Educação e Cultura, Margareth Pereira, participou de uma audiência pública online, promovida pelo MP/RN, com a presença de oito promotores e de alguns secretários municipais, representantes das regiões Metropolitana e do Mato Grande. Na ocasião, foi informada a recomendação para o retorno gradual das atividades em sistema híbrido.

Segundo Margareth, no entendimento do MP, é possível retornar com base no comportamento da pandemia no Estado, que vem registrando diminuição no índice de transmissibilidade e redução na ocupação dos leitos covid-19.

“Nós estávamos atentos à possibilidade do retorno presencial. Por isso, a pedido do prefeito Júlio César, a Secretaria já vinha planejando ações estratégicas a serem adotada quanto às questões pedagógicas e sanitárias”, afirma Margareth.

Seguindo a determinação do MP, ficou decidido que na 1ª etapa, 10 escolas iniciarão na modalidade híbrida do retorno às aulas, são elas:

1 – Escola Municipal Antonieta Varela – Bairro de São Geraldo;
2 – Escola Municipal Júlio Gomes de Senna – Cohab;
3 – Adele de Oliveira – Centro;
4 – Centro de Educação Infantil Menino Jesus – Nova Descoberta;
5 – Creche Proinfância – Loteamento São José;
6 – Escola Municipal Ferdinando Pereira do Couto – Terra da Santa;
7 – Escola Municipal Helena Vilar Ribeiro Dantas – Minamora;
8 – Maria Ester Paiva – Massaranduba;
9 – Escola Municipal Belarmina Campos – Logradouro;
10 – Ary Alecrim Pacheco – Pedregulho.